Começa campanha ampliada de vacinação contra sarampo

A nova campanha nacional de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda-feira, dia 07 de outubro. Até 2020, o ministério planeja realizar cinco fases de campanha, uma para cada faixa etária da população. A novidade é que as pessoas entre 50 e 59 anos também vão ter uma fase específica no ano que vem. A ideia é garantir que toda a população seja imunizada e eliminar o atual surto da doença. O farmacêutico Renato Freire atua com vacinação há 22 anos. Para o especialista em infecção hospitalar e epidemiologia, a imunização ampliada é necessária.

“Essa vacinação estendida que o Governo Federal está fazendo contra o sarampo tem uma importância muito grande para imunizar também aquelas pessoas que, por ventura, não puderam tomar a vacina nas décadas de 1960 e 1970 e não tenham tido a doença. Então, essa campanha requer uma cobertura maior e mais ampliada. Ela é muito importante porque sarampo na idade adulta pode acometer pessoas com mais gravidade e gerar complicações e hospitalizações”, explicou Renato.

No período de 90 dias, ou seja, até dia 28 de setembro, 242 municípios de 19 estados brasileiros tinham registrado pelo menos um caso de sarampo. Seis mortes já foram confirmadas no País. A primeira fase de vacinação vai de 7 a 25 de outubro. Nesta etapa, vão ser imunizadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, com o dia D de vacinação no dia 19 de outubro.

A segunda fase está prevista para iniciar no dia 18 de novembro e será direcionada a adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos, que não estão com a caderneta de vacinação em dia. Crianças e adolescentes com idade entre 6 e 19 anos e adultos de 30 a 59 anos serão vacinados em 2020. A população deve buscar os postos de saúde. Embora não participem da campanha do Governo Federal, farmácias também podem oferecer o serviço de vacinação.

Ouça esta matéria da Rádio News Farma: www.newsfarma.com.br/cff/not/13337