CRF-AM participa da VIII Conferência Municipal de Saúde de Manaus

O Conselho Regional de Farmácia do Amazonas (CRF-AM) esteve presente, nesta segunda-feira, 1º/4, na abertura da VIII Conferência Municipal de Saúde de Manaus (VIII COMUS). O regional também estará representado nos grupos de trabalho durante os três dias de evento.

A VIII COMUS é uma das etapas da  16ª Conferência Nacional de Saúde. O tema central desta edição é “Democracia e Saúde: Saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”.  A Conferência, além de debater a temática central, deve aprofundar o diálogo nos painéis como os eixos temáticos “Saúde como direito”, “Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)” e “Financiamento adequado e suficiente para o SUS”.

A vice-presidente do CRF-AM, Luana Santana, esteve presente na abertura do evento e ressaltou a importância da presença do Conselho nos debates. “Estar presente é uma forma de reforçar as nossas propostas voltadas para a assistência farmacêutica a nível de debate estadual, municipal e até mesmo nacional, pois a Conferência Municipal de Saúde, antecede as etapas de encontro estadual e, posteriormente, nacional. Os grupos vão estipular as diretrizes com que o SUS vai atuar daqui para frente, ofertando o melhor serviço para a população”, explicou.

Proposta

Participando do evento como uma das delegadas de conferência, a diretora-secretária do CRF-AM, Miê Muroya, é autora de uma das propostas que serão debatidas no âmbito do Eixo II: Consolidação do SUS.

A proposta visa “fortalecer a rede de assistência farmacêutica por meio da readequação qualitativa e quantitativa dos recursos humanos atuantes na farmácia em todas as Unidades de Saúde da rede SEMSA (UBS, UBSF, CAPS e Policlínicas), visando à ampliação do acesso e uso racional de medicamentos e da carteira de serviços; propiciando a qualificação e a humanização do cuidado em saúde”.

“Esta proposta vem reafirmar os  princípios do SUS, de universalidade, equidade e integralidade. O foco central da assistência farmacêutica não deve estar somente centrado no medicamento, e sim no indivíduo. A assistência farmacêutica voltada ao cuidado das pessoas”, afirmou a diretora-secretária. “A proposta visa também a consolidação da Lei 13.021/14, que transforma definitivamente a farmácia em estabelecimento de saúde”.

Participação

Além da participação do CRF-AM, como convidado do evento, participam como delegados de conferência o conselheiro do CRF-AM, Lúcio Pimentel; e o membro da Comissão de Farmácia Comunitária do CRF-AM, Alberto Akel. Há a participação, ainda, da presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Amazonas (Sinfar), dra. Cecília Mota; da diretora da Visa Manaus, Maria do Carmo Leão, e da gerente de Produtos da Visa Manaus, Hellen Souza.