CRF-AM protocola pedido de verba federal para fiscalização no interior

O Conselho Regional de Farmácia do Amazonas (CRF-AM) deu entrada, junto ao Conselho Federal de Farmácia (CFF), no pedido de adesão ao Programa de Aprimoramento de Fiscalização, criado pelo órgão federal para reforçar, financeiramente, a estrutura de fiscalização de todos os regionais do País.

Em ofício encaminhado pelo CFF ao CRF-AM, datado do último dia 23 de janeiro, o órgão federal informou que o regional estava apto a aderir ao programa, com previsão orçamentária de concessão de R$ 240 mil, divididos em doze parcelas iguais. Em ida a Brasília, onde participou do Encontro Nacional de Presidentes dos CRFs, o presidente do CRF-AM, Jardel Inácio, levou toda a documentação exigida. Ele entregou os documentos juntamente com o Conselheiro Federal pelo Amazonas, dr. Marcos Aurélio Silva, ao presidente do CFF, Walter Jorge João.  Agora, resta apenas aguardar a análise do material para que o CRF-AM tenha acesso à verba federal.

De acordo com Jardel Inácio, a intenção é que os recursos sejam utilizados para a ampliação da fiscalização no interior do Estado. “Nós nos empenhamos em cumprir todos os requisitos para a solicitação deste auxílio ao CFF, tendo em vista que temos uma dificuldade muito grande de fiscalizar o interior por conta da dificuldade logística e da questão orçamentária”.

Com a possibilidade do auxílio orçamentário, o presidente do CRF-AM destacou que a meta será chegar a todos os municípios do Estado no ano de 2019. “Esse auxílio vem de forma muito positiva para que possamos cumprir essa meta. Vai ser muito importante para que possamos cumprir nosso plano anual de fiscalização e garantir a assistência farmacêutica não só na capital, mas também no interior do Estado”.

A fiscalização tem sido prioridade na gestão do CRF-AM. Em 2018, foram mais de 4500 inspeções realizadas, com 347 estabelecimentos ilegais autuados. Além disso, as fiscalizações garantiram a regularização de 59 estabelecimentos públicos na capital e 20 no interior, além de proporcionar a geração de 674 novas contratações de profissionais farmacêuticos.