Fiscalização identifica 13 farmácias clandestinas e aplica 14 autos de infração no interior do AM

A equipe de fiscalização do Conselho Regional de Farmácia do Amazonas (CRF-AM) identificou 13 firmas clandestinas e aplicou 14 autos de infração, durante inspeção em quatro municípios do interior do Amazonas, na última semana.

Ao todo, foram inspecionados 44 estabelecimentos farmacêuticos, nos municípios de Urucará, São Sebastião do Uatumã, Silves e Itapiranga. As fiscais responsáveis foram Ana Rafaella Neves e Inez Maia Barancelli.

Entre as irregularidades identificadas estão a falta de profissionais farmacêuticos, falta de climatização adequada e comércio irregular de antimicrobianos, entre outros. Nas farmácias públicas autuadas, a fiscalização flagrou medicamentos mal acondicionados e caixas colocadas diretamente no chão.

"Podemos observar como é importante a fiscalização mais efetiva no interior do Estado, porque conseguimos enxergar, mesmo q ainda tímida, uma evolução no quadro geral dos estabelecimentos. Conseguimos também identificar que o trabalho de conscientização que o fiscais do CRF-AM vem fazendo já está dando frutos", enfatizou a fiscal farmacêutica, Inez Maia Barancelli.

Ao todo, somente este ano, a equipe de fiscalização do CRF-AM já percorreu 34 municípios do Amazonas. O foco principal dos trabalhos este ano é, pela primeira vez, conforme prevê o Plano de Fiscalização de 2019, visitar os 62 municípios do Estado.