Prouni oferece 107 bolsas para curso de Farmácia no AM

Iniciaram nesta quinta-feira, 31/1, as inscrições para o Programa Universidade Para Todos (Prouni), do Governo Federal. No Amazonas, quatro universidades ofertam 107 bolsas, entre integrais e parciais (50%) para bacharelado em Farmácia. Os interessados podem se inscrever até o dia 3 de fevereiro.

A consulta pública de bolsas do Prouni está disponível na página do programa na internet. O estudante poderá pesquisar as bolsas ofertadas por curso, instituição ou município.

Em relação ao curso de Farmácia, para o Amazonas, no total, são oferecidas pelas universidades 67 bolsas integrais (52 para cotas e 15 para ampla concorrência), e 40 parciais (31 para cotistas e 9 de ampla concorrência).

As universidades que oferecem vagas são: Fametro, Uninorte, Estácio e Unip. As instituições possuem cursos nos períodos matutino e noturno, com exceção da Unip, que só possui o curso pela manhã. 

Podem se inscrever no processo seletivo do ProUni estudantes brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Enem 2018, tendo obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame e nota superior a zero na redação. Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Além disso, os estudantes devem satisfazer a pelo menos uma das seguintes condições para participar do programa: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola; ser pessoa com deficiência; ou ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Neste último caso, não é necessário comprovar renda.